Quinta, 21 de Ago de 2014 | Últimas Notícias | Fale Conosco | Busca            
Produção

27/03/2007 13:48
Octávio Café incorpora a torrefadora norte-americana Dallis Coffee



Twitter


27/03/2007 06:03:57 - DCI

A torrefadora Dallis Coffee, uma das principais empresas de comercialização de cafés especiais dos Estados Unidos, foi vendida para a empresa brasileira Octávio café, que produz cafés especiais em Pedregulho, região da Alta Mogiana. Após 10 meses de negociações, os empresários Orestes Quércia (Octávio Inc.) e David Dallis assinaram o contrato que repassa as operações da torrefadora de Nova York para a empresa paulista. "Nos interessamos em comprar essa empresa pela tradição que ela tem nos Estados Unidos e por ser especializada em cafés especiais", afirma Quércia.

Ele diz que a empresa pretende se firmar na comercialização tanto de torrado e moído quanto de café verde no mercado americano. A Dallis já atua em 35 Estados americanos e 12 países do mundo abastecendo restaurantes, butiques de cafés, hotéis e lojas especializadas, caminho que deverá ser seguido pela Octávio café também no Brasil.

O empresário revela que pretende ampliar a atuação da sua marca no mercado brasileiro esse ano, operando em todos os elos da cadeia cafeeira. Em meados de julho, irá colocar em funcionamento sua primeira loja, implantará uma universidade do café, cuja as aulas serão ministradas na própria cafeteria, e inaugurar uma torrefadora própria que está sendo construída em Pedregulho. As exportações da empresa também são feitas diretamente com o comprador final.

A Octávio café aposta no crescimento do mercado de luxo do grão no Brasil e no mundo. A vinda de grandes redes internacionais na comercialização do café e a entrada de empresas nacionais no mercado externo estão colocando o Brasil cada vez mais em evidência no mercado de cafés especiais. "É vantajoso para todas as partes. O consumidor tem oportunidade de provar os melhores cafés do mundo e o País tem a sua marca divulgada lá fora", avalia o diretor executivo da Associação Brasileira de cafés Especiais (BSCA, sigla em inglês), Alexandre Gonzaga.

Segundo a BSCA o mercado de cafés especiais deverá crescer 10% em 2007 e a demanda interna será a principal responsável por impulsionar as vendas, ampliando sua participação de 30% para 50% no consumo.
 



veja mais

- Orestes Quércia (Octávio Inc.) compra torrefadora de cafés especiais de Nova York


Enviar para um amigo
enviar
Imprimir a materia
imprimir
Ir para editoria
editoria
Ir para editoria
mais noticias
Comentar Noticia
comente
Voltar
Voltar
Publicidade
Café Fácil








Siga no Twitter @cafeicultura
 
Revista Cafeicultura

Heranças e brigas em família
» Café Facil - Cafeteiras Espresso
Máquinas automaticas de café em ate 12x no cartão - Varias marcas
» CURSO DE BARISTA
querendo abrir sua primeira cafeteria, você vai encontrar no Kassai Café um produto de altíssima qualidade
 
 

Não encontrou o que procurava, faça uma Busca Especifica - Exemplo:
qual a produção brasileira de café orgânico
ou qual a previsão da safra de café para 2008

Google